Guaidó anuncia retorno a Venezuela e convoca mobilizações

Opositor autoproclamado presidente estava em viagem ao exterior

Guaidó anuncia retorno a Venezuela e convoca mobilizações
Guaidó anuncia retorno a Venezuela e convoca mobilizações (foto: ANSA)
13:10, 11 FevCARACAS ZBF

(ANSA) - O opositor e autoproclamado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, anunciou hoje (11) que voltará em breve ao país.

O parlamentar, reconhecido como presidente da Venezuela por mais de 50 países, ainda fez um apelo para que os venezuelanos retomem as mobilizações para derrubar o governo de Nicolás Maduro, sucessor de Hugo Chávez.

"Temos o apoio e o respeito do mundo. Agora toca-nos a tarefa mais poderosa e fundamental, a que nos trouxe aqui, a de nos unirmos para que, de uma vez por todas, possamos dizer, com força, que a virtude, a honra e a liberdade cobrem a Venezuela" exaltou o opositor, em um vídeo divulgado nas redes sociais.

"Vamos voltar assumindo os riscos, como todos que lutam, e dispostos a fazer o que for necessário para conquistar nossa liberdade".

Ignorando uma proibição de sair da Venezuela imposta pelo regime de Maduro, Guaidó está encerrando uma viagem iniciada em 19 de janeiro por Colômbia, Inglaterra, Suíça, Espanha, Canadá, França e Estados Unidos, onde se reuniu com líderes políticos locais, inclusive com o presidente norte-americano, Donald Trump.

No vídeo, Juan Guaidó diz que vários chefes de Estado e de Governo apoiam "uma série de ações e medidas concretas para alcançar a liberdade da Venezuela e acabar com o sofrimento" da população. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA