Venezuela suspende expulsão de embaixadora da União Europeia

Maduro havia determinado a saída da diplomata na última segunda

Maduro gives EU ambassador deadline to leave Venezuela
Maduro gives EU ambassador deadline to leave Venezuela (foto: ANSA)
15:44, 02 JulROMA ZCC

(ANSA) - O governo venezuelano decidiu nesta quinta-feira (2) suspender a expulsão da embaixadora da União Europeia (UE) em Caracas, após concordar com a necessidade de manter as relações diplomáticas com o bloco, segundo comunicado conjunto.

"O governo venezuelano decidiu cancelar a decisão tomada em 29 de junho de declarar a embaixadora Isabel Brilhante Pedrosa uma persona non grata", diz a nota do ministro das Relações Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, e do chefe da diplomacia europeia, Josep Borrell, após conversa telefônica.

Na última segunda-feira (29), o presidente venezuelano Nicolás Maduro concedeu 72 horas para a diplomata portuguesa deixar o país em resposta às novas sanções impostas pela UE contra 11 autoridades venezuelanas chavistas.

No entanto, durante o telefonema, ambos "concordaram com a necessidade de manter o quadro das relações diplomáticas, especialmente nos momentos em que a cooperação entre os dois lados pode facilitar o caminho do diálogo político".

De acordo com o texto, Arreaza e Borrell também decidiram promover contatos diplomáticos entre as partes nos níveis mais altos, dentro da estrutura de cooperação sincera e respeito ao direito internacional". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA