Venezuela condena americanos a 20 anos por 'invasão'

Grupo teria tentado incursão armada em maio passado

Maduro exibe passaportes de americanos presos por suposta tentativa de assassiná-lo
Maduro exibe passaportes de americanos presos por suposta tentativa de assassiná-lo (foto: ANSA)
13:16, 08 AgoCARACAS ZLR

(ANSA) - Dois americanos foram condenados a 20 anos de prisão na Venezuela por conta da suposta tentativa de invadir o país no último mês de maio.

A sentença foi anunciada na noite desta sexta-feira (7) pelo procurador-geral venezuelano, Tarek William Saab. Segundo o chavista, Luke Alexander Denman, 34, e Airan Berry, 41, "admitiram" os crimes de "conspiração, tráfico ilegal de armas de guerra e terrorismo".

Denman e Berry estão entre as 91 pessoas que o governo da Venezuela diz ter capturado após uma suposta tentativa de incursão marítima, em 3 de maio. O episódio ocorreu em Macuto, a menos de uma hora da capital Caracas, e teria como objetivo matar o presidente Nicolás Maduro.

O mandatário acusou Donald Trump de envolvimento na ação, mas a Casa Branca nega. (ANSA)   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA