'Gomorra arruinou minha vida', afirma Saviano

Autor de livro que conta história da máfia napolitana desabafa

'Gomorra arruinou minha vida', afirma Saviano
'Gomorra arruinou minha vida', afirma Saviano (foto: ANSA)
15:07, 10 NovROMA ZGT

(ANSA) - "Arruinei minha vida. Não acredito ser nobre tem destruído toda minha vida e daquelas pessoas próximas a mim para buscar a verdade", com essa frase forte, Roberto Saviano, autor do livro "Gomorra: a História Real de um Jornalista Infiltrado na Violenta Máfia Napolitana" descreveu sua vida atual. Em entrevista ao jornal espanhol "El Pais", o escritor e jornalista desabafou "poderia fazer tudo igual, com o mesmo empenho, com a mesma coragem, mas com prudência - sem destruir tudo. Fui impetuoso e ambicioso". Publicado há 10 anos, o livro fez com que Saviano fosse jurado de morte pela organização criminosa e, desde então, fez com que ele vivesse no exílio. Perguntado pelo jornal se valeu à pena, ele responde que não. "Quando eu falo isso, alguns podem pensar que sou covarde. Mas, é preciso considerar que não posso mais viver a minha vida sem pedir autorização. Não posso entrar ou sair do país quando quero, nem visitar as pessoas que gosto sem ter que escondê-las", declarou Saviano. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en