Le Pen aceita convite de Madonna para tomar um drink

Política francesa e cantora tem histórico de brigas

Madonna e Marine Le Pen já trocaram várias farpas
Madonna e Marine Le Pen já trocaram várias farpas (foto: EPA)
19:44, 03 MarPARIS ZAR

(ANSA) - A líder do partido de extrema-direita francês Frente Nacional (FN), Marine Le Pen, aceitou o convite da cantora Madonna de tomar um drink juntas, feito durante sua participação no programa "Grand Journal" no Canal +.

Em entrevista a rádio francesa "RTL", a política disse "aceitar com prazer" a proposta da norte-americana.

"Depois de todo o mal que ela disse de mim, o fato de ela querer me ver me parece uma coisa boa, então por que não? Certo, neste momento estou um pouco empenhada com a campanha eleitoral, mas estou sempre pronta para acolher uma discussão com quem se apresenta de boa fé", afirmou.

Le Pen também disse que o drink com Madonna pode ficar para quando a rainha do pop voltar a França.

A cantora e a política já trocaram farpas e estiveram em situações polêmicas. Há alguns dias, a diva disse que o clima de violência, intolerância e antissemitismo pelo qual a França e a Europa estão passando se relaciona profundamente com o crescimento de partidos como o de Le Pen e que isso "a faz pensar na Alemanha nazista". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA