Gallerie degli Uffizi batem recorde de visitantes em 2016

Museu de Florença recebeu mais de 2 milhões de pessoas no ano

Fila para entrar nas Gallerie degli Uffizi no dia 1º de janeiro de 2017
Fila para entrar nas Gallerie degli Uffizi no dia 1º de janeiro de 2017 (foto: ANSA)
12:24, 03 JanFLORENÇA ZLR

(ANSA) - Pela primeira vez na história, as Gallerie degli Uffizi, em Florença, superaram a marca de 2 milhões de visitantes em um único ano.

Entre 1º de janeiro e 31 de dezembro de 2016, o mais renomado museu renascentista do planeta recebeu exatas 2.011.219 pessoas, sendo que em 2015 foram 1.971.596.

O número se deve a um crescimento constante no público nos meses de outono e inverno, à instituição de entradas gratuitas no primeiro domingo do mês e ao horário prolongado até a noite entre maio e setembro.

Para 2017, o diretor das Gallerie degli Uffizi, Eike Schmidt, promete uma "revolução" nos espaços do museu, com a destinação de um andar inteiro, com entrada independente, para os quatro "grandes" do Renascimento: Michelangelo, Rafael Sanzio, Sandro Botticelli e Leonardo da Vinci, cuja obra "A Adoração dos Magos", há anos em restauração, voltará a ser exibida a partir da Páscoa.

Outras 10 salas em sequência serão dedicadas exclusivamente aos autorretratos do Corredor Vasariano, caminho que liga as galerias ao Palazzo Pitti, do outro lado do rio Arno, e que deve ser aberto ao público em 2018 - hoje fechado, o espaço costuma abrir apenas para visitas em grupo e guiadas.

Já o térreo do museu contará com uma área de 800 metros quadrados reservada a mostras temporárias, também com acesso independente e bilhetes separados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA