Após polêmica, filme da Netflix estreia em Cannes e é aplaudido

Festival de Cinema acontece até o dia 28 de maio na França

Após polêmica,filme da Netflix estreia em Cannes e é aplaudido
Após polêmica,filme da Netflix estreia em Cannes e é aplaudido (foto: EPA)
13:03, 19 MaiCANNES ZCC

(ANSA) - A polêmica envolvendo os filmes da empresa norte-americana Netflix na 70ª edição do Festival de Cinema de Cannes ofuscou nesta sexta-feira (19) a estreia de "Okja", do sul-coreano Bong Joon-ho, na disputa pela Palma de Ouro, mas não evitou os aplausos ao longa.
   

Na primeira exibição, no Grande Teatro Lumíere do Palácio de Festivais, na França, aconteceram algumas vaias enquanto o longa era exibido. Além disso, muitas reclamações foram feitas após alguns problemas técnicos forçarem o recomeço do filme.
   

No entanto, ao final da exibição para a imprensa, os críticos aplaudiram o longa, que narra a história da amizade entre uma menina e um animal insólito, geneticamente modificado, que uma companhia deseja capturar.
   

A mensagem principal da produção está atrelada ao apelo contra os maus-tratos dos animais e os métodos selvagens de grandes empresas. O filme se passa entre a Coreia do Sul e Nova York e conta com o ator norte-americano Jake Gyllenhaal e a britânica Lily Collins no elenco.
   

A saia-justa ocorre logo depois que a Netflix decidiu que não vai exibir suas produções nas salas de cinema francesas. A situação provocou irritação entre os amantes da sétima arte e fez com que os organizadores do evento mudassem as regras para as próximas edições do Festival. A partir de 2018, todo filme concorrente terá que se comprometer a ser exibido nas salas francesas.

Neste ano, a plataforma de streaming também está na disputa pela Palma de Ouro com o longa "The Meyerowitz Stories", do norte-americano Noah Baumbach. O Festival de Cannes acontece até o dia 28 de maio. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA