No 'Dia da Ioga', conheça 5 viagens que fazem bem para a alma

Data é reconhecida pela ONU e celebrada no mundo inteiro

No 'Dia da Ioga', conheça 5 viagens que fazem bem para a alma (foto: EPA)
14:40, 21 JunROMA ZCC

(ANSA) - Cerca de 170 países celebram nesta quarta-feira (21) o Dia Mundial da Ioga. Ao longo dos anos, a prática tem atraído cada vez mais pessoas, mas a maior dúvida de todos é qual o melhor ambiente para que as técnicas de meditação e relaxamento sejam aplicadas.
   

Conheça os principais lugares no mundo para praticar ioga:

Índia

A prática da ioga teve origem na Índia. No país, há milhares de centros espirituais onde é possível viver completamente de acordo com a filosofia. Estes retiros são de grande beleza mística e ideais para quem quer aprender as técnicas e conhecimentos dos mestres. Querala, Bihar e Varanasi são alguns dos lugares onde a yoga é mais praticada.
   

Tibet

Nesta região a noroeste do Himalaia, onde prevalece o budismo tibetano, a espiritualidade é respirada em todos os lugares.

 Fazer ioga contemplando o Everest é uma das experiências espectaculares. Além disso, é possível admirar o Himalaia e aproveitar uma atmosfera harmoniosa ao visitar os três principais mosteiros da região Ganden, Drepung e Sera.

Para os mais aventureiros, as montanhas são os lugares ideais para fazer as sessões de ioga após uma bela caminhada.
   

Tailândia

Fazer ioga em praias com o som das ondas no fundo e diante dos olhos um mar azul-turquesa é uma experiência maravilhosa. Para os apaixonados por meditação, o lugar ideal para visitar é o retiro mais famoso da Tailândia, o Suan Mokkh. Este refúgio na floresta oferece um retiro intenso, onde não é permitido usar celulares.

Espanha

Para quem prefere meditar na Europa, a Espanha pode ser uma excelente opção. Em Madrid, vários locais da cidade organizam sessões de ioga ao ar livre, principalmente no Templo de Debod.

Outro destino ideal é o centro Kaliyoga, na Andaluzia. Ele é considerado um dos 10 melhores retiros de ioga, de acordo com o "The Guardian".

Itália

Além do festival de ioga de Milão, e da Embaixada indiana em Roma, há muitos outros eventos organizados em toda a Itália.

Nas colinas de Parma é possível visitar o "The Call of the Wood", onde as aulas de ioga são sob as árvores de pau-brasil ou ao lado do lago suíço. Já no Mar Tirreno, os amantes da prática podem fazer suas sessões ao pôr do sol com vista para o mar.

O "Hotel Villa Cheta", em Maratea, é um dos destinos mais visitados para meditação e massagens relaxantes.

História - A data 21 de junho é reconhecida pela ONU desde 2014 como o dia oficial da prática da ioga, além de coincidir com o início do solstício no Hemisfério Norte. Diversas cerimônias coletivas são realizadas pelo mundo, incluindo nos Estados Unidos, Holanda, China, Colômbia, Uruguai, Venezuela, Afeganistão e até mesmo no Brasil. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA