Morre 'Chichita', esposa do escritor Italo Calvino

A tradutora argentina tinha 93 anos de idade

'Chichita' deixa flores no túmulo de Italo Calvino
'Chichita' deixa flores no túmulo de Italo Calvino (foto: ANSA)
14:47, 23 JunROMA ZLR

(ANSA) - Morreu neste sábado (23), aos 93 anos, a tradutora argentina Esther Judith Singer, esposa do escritor italiano Italo Calvino (1923-1985). O falecimento foi confirmado pela editora Einaudi.

Nascida em 1925, em Buenos Aires, ela era chamada de "Chichita" e conhecera o autor de "As cidades invisíveis" em Paris, em 1962. Eles se casariam dois anos depois, em Havana, capital de Cuba, país de nascimento de Calvino.

"Chichita" traduziu algumas obras do marido para o espanhol e trabalhou para organismos internacionais, como a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Ela deixa dois filhos: Marcello Weill e Giovanna Calvino, esta última fruto da união com o escritor italiano. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en