Gisele Bündchen encarna a cantora Mina na 'Vogue'

A edição do próximo mês celebra a carreira da cantora

Gisele Bündchen encarna a cantora Mina na 'Vogue' (foto: Reprodução)
12:26, 20 SetROMA ZLR

(ANSA) - A modelo brasileira Gisele Bündchen interpreta a icônica cantora italiana Mina na edição da "Vogue Italia" de outubro, que será dedicada aos 50 anos do lançamento de primeiro álbum ao vivo da artista, gravado na célebre casa de shows "La Bussola", na Toscana.

As italianas Maria Carla Boscono e Carla Bruni acompanham Gisele na mesma missão. A revista ainda dará uma festa no Teatro Manzoni, de Milão, nesta sexta-feira (21), em meio à Milan Fashion Week. As três estrelas que fazem as capas da próxima edição estão entre os convidados, que incluem também artistas que interpretam os sucessos de Mina.

A ideia partiu do filho da cantora, o compositor italiano Massimiliano Pani. "Mina influenciou o vestuário. Desde o início, as meninas a tomaram como modelo, penteando, maquiando e se vestindo como ela, a fim de ficar parecidas", justificou.

 
 
 
Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por Vogue Italia (@vogueitalia) em

Segundo Pani, depois de 1978, ano em que Mina saiu da cena pública, sua imagem passou a ser somente as capas de seus projetos musicais, como discos e álbuns. Gisele, na capa fotografada pela dupla Luigi e Iango, aparece irreconhecível, em uma semelhança impressionante com a cantora.

Já Mariacarla Boscano foi fotografada por Daio Catellani nas ruas de Cremona, cidade de Mia. E Carla Bruni, ex-primeira-dama da França e cantora, foi imortalizada por Giampaolo Sgura.

Luigi e Iango também revisitaram imagens históricas da artista italiana e as refizeram com as top models Guinevere van Seenus, Karen Elson e Remington Williams. Além daquelas com Gisele, Bruni e Maria Carla, a quarta capa traz uma imagem inédita de Mina feita por Mauro Balletti, que a partir de 1972 foi seu retratista exclusivo e assinou todas as capas de seus discos.
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA