Parma inaugura ano como 'capital italiana da cultura'

Cidade fará mais de 400 eventos ao longo de 2020

Fachada da Prefeitura de Parma, capital italiana da cultura em 2020
Fachada da Prefeitura de Parma, capital italiana da cultura em 2020 (foto: ANSA)
15:17, 11 JanPARMA ZLR

(ANSA) - A cidade de Parma inaugurou neste sábado (11) seu "mandato" como capital italiana da cultura em 2020.

O título é conferido anualmente pelo Ministério dos Bens Culturais e serve de motivação para um intenso calendário de eventos que vai até dezembro.

"Nossa cidade está com uma atmosfera belíssima", disse o prefeito Federico Pizzarotti. A cerimônia oficial de inauguração será na tarde deste domingo (12), com as presenças do presidente Sergio Mattarella e do ministro dos Bens Culturais Dario Franceschini.

"Ao todo, serão mais de 400 eventos que atravessarão todo o ano", acrescentou Pizzarotti. O primeiro deles é uma mostra sobre alimentação sustentável promovida pela Fundação Barilla.

Situada na Emilia-Romagna, norte da Itália, Parma tem cerca de 200 mil habitantes e é conhecida sobretudo pelo aspecto gastronômico. Entre outros produtos, a cidade é berço de alguns ícones da culinária italiana, como o queijo parmigiano reggiano (parmesão) e o presunto de Parma. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA