Tapeçarias dos 'Cartões de Raffaello' voltam à Capela Sistina

As obras voltaram a ficar juntas na igreja após mais de 400 anos

Tapeçarias dos 'Cartões de Raffaello' na Capela Sistina (foto: Museus Vaticanos)
14:14, 17 FevROMA ZLR

(ANSA) - Pela primeira vez em mais de 400 anos, a Capela Sistina, no Vaticano, voltou a ser adornada com as 10 tapeçarias feitas a partir dos "Cartões de Raffaello", conjunto de obras do gênio renascentista que celebra os Atos dos Apóstolos.

As peças ficam em exposição para os visitantes dos Museus Vaticanos, cujo percurso inclui a Capela Sistina, entre 17 e 23 de fevereiro, por ocasião dos 500 anos da morte de Raffaello Sanzio (1483-1520).

"É uma grande emoção também para nós. Houve outras duas exposições das tapeçarias, em 1983 e 2010, mas todas as 10 não eram colocadas contemporaneamente na Capela Sistina desde o fim do século 16", disse a diretora dos Museus Vaticanos, Barbara Jatta.

Encomendadas pelo papa Leão X (1475-1521), as tapeçarias foram feitas a partir dos célebres "Cartões de Raffaello", no estúdio de Pieter van Aelst (1495-1560), e apresentam cenas das vidas de São Pedro e São Paulo.

"Estamos ciente do quanto as tapeçarias são delicadíssimas, mas elas foram feitas para ser enroladas e deslocadas. Pelos documentos, sabemos que elas eram usadas em muitas ocasiões nos diversos palácios da corte pontifícia", acrescentou Jatta. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA