Cinemas da Itália registram pior fim de semana da história

Salas arrecadaram apenas 439,5 mil euros em 7 e 8 de março

Cinema fechado em Turim, na Itália, por causa de coronavírus
Cinema fechado em Turim, na Itália, por causa de coronavírus (foto: ANSA)
14:51, 09 MarROMA ZLR

(ANSA) - Os cinemas da Itália registraram a pior arrecadação de sua história para um fim de semana por causa da epidemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), que já contaminou 9.172 pessoas e matou pelo menos 463 no país.

Entre os dias 7 e 8 de março, as salas italianas tiveram receita de 439.515 euros, uma queda de 79% em relação ao fim de semana anterior, que já havia registrado redução de 63%.

O período também foi o último com cinemas abertos ao menos até 3 de abril, já que o governo da Itália determinou o fechamento de todas as salas do país para evitar a disseminação do coronavírus, assim como de museus, sítios arqueológicos e discotecas.

Até a publicação do decreto do primeiro-ministro Giuseppe Conte com as novas restrições, os cinemas estavam vendendo apenas um terço dos bilhetes, de modo a garantir uma distância mínima de um metro entre os frequentadores. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA