Artistas italianos lançam campanha 'Eu fico em casa'

Bocelli, Jovanotti e Ligabue estão entre os famosos que aderiram

Artistas usaram as redes sociais para aderir à campanha
Artistas usaram as redes sociais para aderir à campanha (foto: ANSA)
12:41, 10 MarROMA ZLR

(ANSA) - Diversos artistas italianos aderiram a uma campanha para que as pessoas permaneçam em casa para evitar a propagação do novo coronavírus (Sars-CoV-2) por todo o país. Entre aqueles que postaram mensagens e vídeos nas redes sociais com a hashtag #iorestoacasa (#euficoemcasa), estão Andrea Bocelli, Lorenzo Jovanotti, Tiziano Ferro e Luciano Ligabue.

"Caríssimos amigos, estou aqui em casa com toda a minha família, felizmente, todos juntos e em casa por senso cívico, para dar uma mão a tantos amigos que estão comprometidos com a saúde. Eu acredito que a situação é séria, mas que, se for cuidada seriamente, sem pânico, sem desespero, pode ser vencida em um tempo relativamente curto. [...] Por enquanto, é preciso ficar em casa", afirmou Bocelli em um vídeo.

 

Bastante ativo nas redes sociais, Jovanotti postou uma série de mensagens pedindo que os italianos fiquem em casa "até o fim dessa emergência". "Esse é o meu estúdio e espero o conselhos de vocês. O que devo ler? A que filme ou série devo assistir? Que música devo ouvir? Faça como eu! Fique em casa", postou.

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

#iorestoacasa

Uma publicação compartilhada por lorenzojova (@lorenzojova) em

 

Quem também gravou um vídeo foi Nek Filippo Neviani, solicitando que os seguidores façam a sua parte e cuidem de si próprios e daqueles que lhes são caros. A mesma linha foi adotada por Tiziano Ferro, que pediu que todos "escutem" as diretivas impostas pelo governo italiano.

"A situação está dramática em cada parte do mundo. Sejam generosos com vocês mesmos, reservem um tempo que você não têm - seja por escolha ou até por força. Ficará tudo bem", postou.

Com uma foto no Twitter, o cantor, compositor e escritor Ligabue também entrou na campanha. "A coisa está séria, pessoal. Vamos ajudar a conter o contágio", escreveu no Twitter.

Já Giuliano Sangiorgi, membro do grupo Negramaro, além de fazer um apelo para as pessoas permanecerem em casa, criou uma música especial para o momento, chamada "Restiamo a casa" ("Fiquemos em casa", em tradução livre), e compartilhou a canção em sua conta no Instagram.

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram

Le immagini di tutte quelle persone che ieri scappavano da Milano e assalivano l’ultimo treno che li avrebbe ripotati a casa, dai propri affetti, sono ancora impresse nella mia mente... Cucino il ragù della domenica, fingo che sia tutto normale , come sempre. Giro e rigiro quel sugo, che stella ama tanto. Smetto, lo faccio riposare e penso che ho del tempo per mettere nero su bianco i miei pensieri e, magari, ho il tempo pure di cantarli, prima di riprendere la cura del mio ragù. Sento che è giusto condividere queste parole nuove con voi, scritte per voi, per me... per capire o per cercare almeno di farlo. La musica, tante volte, mi ha aiutato a comprendere, a comprendermi. Tante canzoni, quelle rimaste nel cassetto, ma vi assicuro, mi hanno aiutato tanto, anche senza essere pubblicate, senza essere dei successi. Questa no, voglio dedicarvela, per annullare le distanze e per sentirvi in questa stanza tutti. Torno al mio ragù e vi aspetto, aspetto che tutto torni a girare nel senso giusto come questo mio ragù, come questa mia canzone... Restiamo a casa Sono giorni che ci penso... Vorrei incontrarti, ma non si può. Sono ore, lunghe ore passate solo ad aspettare che qualcuno sappia dire qualcosa che faccia sperare, che questa maledetta storia sia sul punto di finire e insieme, finalmente, noi domani torneremo a uscire A incontrarci per le strade come un tempo in un locale, con un sogno e una birra in mano e una strana gioia, qui, nel cuore, che è difficile da capire perchè sembra sia normale. Ma da questi giorni qui tutto sarà un po’ speciale E intanto noi restiamo a casa, così... In quel cassetto ho molti libri e un bel film Facciamo finta che là fuori piove e che quel sole tarda ad arrivare Ma è solo tempo da rispettare. Che ne dici, potremmo fare l’amore? Approfittiamone per ricordare quanto è importante la vita insieme. È poco tempo! C’è solo da aspettare! Ti giuro torneremo a fare l’amore... Per ora resta casa qui con me. Per ora resta a casa. Fallo per te e per me E per noi! #iorestoacasa

Uma publicação compartilhada por Giuliano Sangiorgi (@giulianosangiorgi_official) em

 

A epidemia do novo coronavírus já matou 463 pessoas na Itália e infectou 9.172. Por conta disso, o governo emitiu um decreto colocando todas as cidades em quarentena e restringindo a circulação dos cidadãos. A medida obriga os moradores a comprovarem a necessidade de sair de casa, além de proibir eventos esportivos e fechar museus, discotecas e sítios arqueológicos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA