Filme assistido por Salvini é aplaudido por 7 minutos em Veneza

'Padrenostro' é o primeiro longa italiano exibido na competição

'Padrenostro' é o primeiro longa italiano exibido na competição
'Padrenostro' é o primeiro longa italiano exibido na competição (foto: ANSA)
18:37, 04 SetVENEZA ZCC

(ANSA) - O filme "Padrenostro", de Claudio Noce, foi muito bem recebido durante a 77ª edição do Festival de Veneza nesta sexta-feira (4), sendo aplaudido por sete minutos na apresentação aos críticos e ao público, incluindo o ex-ministro do Interior Matteo Salvini.

O longa é um dos 18 em disputa pelo Leão de Ouro e é o primeiro italiano a ser exibido no evento de 2020.

Com pano de fundo político, "Padrenostro" narra a história de Valerio, interpretado pelo ator Pierfrancesco Favino, que tem sua vida chacoalhada quando, acompanhado de sua mãe, presencia um atentado contra seu pai, Alfonso, por parte de um comando terrorista.

O filme é inspirado na infância do cineasta Noce, cujo pai, vice-delegado de polícia, foi alvo de um ataque em dezembro de 1976.

Antes da exibição, Salvini, que estava acompanhado de sua namorada Francesca Verdini, celebrou a retomada do setor cultural com o festival de cinema. "Tive um encontro com os empresários de Veneza para torná-la uma capital mundial da cultura e tornar o turismo inteligente e de qualidade nesta cidade", explicou em breve declaração à imprensa.

O Festival de Cinema de Veneza acontecerá até o próximo dia 12 de setembro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA