Festival de Veneza apresenta 2 filmes de Luca Guadagnino

Diretor exibe curta sobre pandemia e sobre Salvatore Ferragamo

Guadagnino apresenta duas obras em Veneza neste domingo
Guadagnino apresenta duas obras em Veneza neste domingo (foto: ANSA)
13:59, 06 SetVENEZA ZGT

(ANSA) - O domingo (06) na 77ª edição do Festival de Veneza tem como principal nome o diretor italiano Luca Guadagnino, que apresenta duas novas obras fora de concurso: o curta "Fiori, Fiori, Fiori", no qual o cineasta conta através de um tablet e de um smartphone, à sua maneira, como foi viver o lockdown da Covid-19, e o documentário "Salvatore - Shoemaker of Dreams", dedicado ao estilista e designer Salvatore Ferragamo.

À ANSA, Guadagnino relatou que a pandemia mudou as regras de produção no mundo, mas que isso não foi capaz de pará-lo.

"É certo que a relação com a criatividade não é a mesma. Viajamos menos, há tantas regras novas. Eu mesmo estou em crise de colocar na tela cenas de amor e de paixão. Mas, também é certo que eu não vou parar", ressaltou.

Para o diretor italiano, o período mais duro do isolamento social "aumentou, de maneira universal, o desejo de se mover" e ele sofreu muito para ficar em sua casa em Milão. No curta, inclusive, é possível ver a emoção dele quando o diretor consegue reencontrar seus familiares.

Já no filme sobre Ferragamo, Guadagnino junto um material abundante sobre o italiano, com arquivos pessoais encontrados em Florença, na casa do estilista de sapatos, mas também em Hollywood, onde o designer é extremamente respeitado.

Segundo o próprio diretor, sua ligação com Ferragamo vem pelo fato da "busca da beleza, com uma incrível modéstia". "Ele sempre viveu sua vida como um outsider, alguém fora do comum. E nisso, me sinto assim com o cinema, exatamente como ele", acrescentou. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA