Natureza marca gastronomia de Abruzzo com peixes e carnes

Açafrão é colhido com técnica tradicional nas proximidades de L'Aquila (foto: Ansa)
16:35, 09 Fev zbf

(ANSA) – A região de Abruzzo fica na zona central da Itália e tem aproximadamente 1,3 milhão de habitantes. As paisagens são marcadas, principalmente, por parques e reservas nacionais – que ocupam mais de um terço de todo seu território.

A natureza em abundância na região reflete em sua gastronomia, composta por pescados do Adriático e hortaliças cultivadas nos terrenos férteis entre o mar e a montanha, além de carnes em geral, queijos e embutidos.

Mas o ingrediente principal é o ”zafferano" (açafrão, em português). A especiaria é colhida com uma técnica tradicional que já dura cinco séculos nas proximidades de L'Aquila.

Outra curiosidade é que a cidade de Fara San Martino - com menos de 2 mil habitantes e localizada na província de Chieti - possui dezenas de fábricas de macarrão que exportam toneladas de pasta para todos os cantos do mundo. Algumas são conhecidas no Brasil, como a De Cecco, Delverde e Giuseppe Cocco. 

Essas fábricas possuem um maquinário tecnológico bem equipado, porém o verdadeiro "segredo" de seu sucesso é o uso de água pura na produção da massa, já que a cidade é abastecida pelo Rio Verde.

Em uma visita a Abruzo, não deixe de provar o "pallotte cacio e uova" - almôndegas feitas de ovo e batidas com queijo; e o "calamaretti agli scampi", que são lulas recheadas com lagostins e cozidas com azeite e vinho branco.

Além disso, o "maccheroni alla chitarra", massa que é cortada em um aparelho similar a chitarra (violão, em português) e servida com um molho à base de carne de cordeiro; e o "scapece alla vastese", que são postas de peixe e lula empanadas e marinadas por no mínimo dois dias, estão entre os pratos imperdíveis da região*.

* Informações contidas no livro "Itália: Para Comer e Beber Bem", lançado em 2017 por Gerardo Landulfo e Juscelino Pereira. (ANSA)

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en