Grupo italiano traz novidade para setor de pintura no Brasil

Euroimpianti participará da Feitintas, em SP, no mês de setembro

Empresa italiana traz novidade para mercado de pintura no Brasil
Empresa italiana traz novidade para mercado de pintura no Brasil (foto: Foto / Divulgação Euroimpianti)
21:40, 17 AbrSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Um sistema de pintura para todos os tipos de produtos, inclusive o alumínio, e que promete uma redução no consumo de energia e impacto ambiental, além de custo benefício para os clientes. Esta é a proposta da empresa italiana Euroimpianti ao trazer um novo equipamento para o Brasil.

"A Euroimpianti tem para apresentar o novo equipamento para pintura horizontal Eurocompact, usado para a produção de 75 toneladas por turno, com cabine de troca de cor rápida em um tempo de 10 minutos", explicou Maricel de Medeiros, gerente comercial da Euroimpianti do Brasil à ANSA.

A máquina pode ser usada em "todos os tipos de material, tanto para alumínio, ferro, telhas e outros". Entre os grandes diferenciais estão a necessidade de apenas quatro funcionários para manuseá-lo e "uma estufa campana que garante a eficiência da polarização da tinta onde não tem variação de temperatura".

Além disso, "o equipamento tem um custo mais acessível para o mercado nacional". Após a aquisição, é garantido um retorno de investimento em dois anos. Isso tudo facilita a adesão das empresas, que poderão conhecer o produto na 11ª edição da Feira da Indústria de Tintas, Vernizes e Produtos Correlatos, a Feitintas.

O evento acontecerá entre os dias 12 e 15 de setembro, no São Paulo Expo, na capital paulista, simultaneamente com as feiras Fesqua e Ebrats. Todas são promovidas pela Cipa Fiera Milano.

O objetivo é realizar a convergência entre as áreas de tintas imobiliárias, repintura automotiva e tintas Industriais e de tratamento de superfície e esquadrias. Estima-se que os produtos sejam apresentados para mais de 40 mil visitantes.

De acordo com Medeiros, a feira sempre é uma oportunidade para fazer "bons negócios, visto que tem uma grande visibilidade". Em 2018, o mercado de alumínio deve totalizar 91,4 mil toneladas processadas para uso, demonstrando um aquecimento do setor.

"As expectativas são ótimas, vendo que o mercado vem crescendo a cada dia, de uma forma lenta, mas constante", acrescentou Medeiros, ressaltando que o setor de alumínio já demonstrará um crescimento maior nos próximos meses.

Segundo o gerente comercial da Euroimpianti Brasil, nota-se que "existe uma movimentação do mercado, existe uma avaliação do cliente do que e como irá investir, porém com cautela, visto que temos uma instabilidade política". No entanto, "apesar disso tudo, sabemos que o mercado tem muito a crescer". (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en