Elton John anuncia última turnê mundial da carreira

No entanto, cantor continuará fazendo discos e composições

Elton John anuncia última turnê mundial da carreira (foto: ANSA)
16:46, 24 JanNOVA YORK ZCC

(ANSA) - O cantor britânico Elton John anunciou na tarde desta quarta-feira (24) que sua próxima turnê mundial, que começa em setembro e deve durar três anos, será a última após 50 anos de carreira.
   

A declaração foi dada durante uma transmissão ao vivo de Nova York, na qual, ao piano, tocou "Tiny Dancer" e "I'm Still Standing", dois de seus principais sucessos.
   

De acordo com John, a decisão foi tomada em 2015, enquanto estava no sul da França. "Minhas prioridades mudaram na minha vida", disse o cantor, que quer se dedicar aos seus filhos com David Furnish, Zachary e Elijah.
   

"Nós temos filhos, eu mudei minha vida. E eu não quero perder isso. Tive uma vida incrível, uma carreira incrível, fui extremamente sortudo. E minha vida mudou, minhas prioridades mudaram", ressaltou o britânico.
   

"Estou fazendo turnês desde os 17 anos, e acho que é a hora certa de agradecer a todos os meus fãs ao redor do mundo. Não vou mais viajar", acrescentou.
   

Segundo John, ele ainda continuará fazendo discos, compondo e "sendo criativo", mas não fará turnês mundiais. "Há sempre algo mais a se fazer. Se você deixar as coisas acontecerem para você, essa é a vida mágica, serei criativo até o dia que eu morrer".
   

O cantor e compositor britânico também aproveitou para negar que sua aposentadoria se deva a algum problema de saúde. "Essa é uma turnê de 300 datas. Se você vai fazer 300 shows, você não está doente". "Será uma oportunidade para agradecer", finalizou John.
   

Histórico - Elton John esteve no Brasil com turnê própria em 1978, 1995, 2009, 2014 e 2017. Ele também foi atração do Rock in Rio em 2011 e 2015.
   

O cantor já vendeu mais de 250 milhões de discos no mundo todo, e é autor de um dos singles em CD mais vendidos da história ("Candle in the wind"). (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA