Kanye West diz que escravidão foi uma 'escolha' dos negros

Rapper também revelou vício em opioides após lipoaspiração

Kanye West revelou vício em opioides após lipoaspiração
Kanye West revelou vício em opioides após lipoaspiração (foto: ANSA)
17:18, 02 MaiNOVA YORK ZLR

(ANSA) - O rapper norte-americano Kanye West classificou a escravidão nos Estados Unidos como uma "escolha" dos negros, em entrevista ao site "TMZ".

"400 anos de escravidão? Para mim isso parece uma escolha", disse o músico. Em outro momento da conversa, Kanye afirmou que "os negros combateram a escravidão somente quando chegaram neste continente", falou.

Contudo, o rapper justificou-se em seu Twitter. "Claro que eu sei que os escravos não foram algemados e deportados por opção", escreveu.

Kanye disse que a escravatura persistiu por tanto tempo porque as pessoas, ainda que "numerosas do nosso lado, estavam mentalmente escravizadas".

Além da polêmica, o marido da socialite Kim Kardashian declarou ter adquirido um vício em opioides, drogas que atuam no sistema nervoso contra a dor, após realizar uma cirurgia de lipoaspiração por não querer ser chamado de "gordo" pela mídia.

As declarações acontecem uma semana após o músico publicar uma série de tweets em apoio ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. Com as publicações, o rapper perdeu 9 milhões de seguidores na rede social. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA