Harry e Meghan rompem oficialmente com tabloides britânicos

Casal reforçou que não quer ser usado como moeda em uma economia

Casal abriu mão de títulos reais e está morando nos EUA
Casal abriu mão de títulos reais e está morando nos EUA (foto: AFP)
18:02, 20 AbrLONDRES ZCC

(ANSA) - O príncipe Harry e sua esposa, Meghan Markle, anunciaram a editores de quatro tabloides do Reino Unido que vão cortar relações com as publicações sensacionalistas.

Em comunicado ao The Sun, Daily Mail, Mirror e Express, o casal acusou os jornais de terem publicado histórias "tendenciosas, mentirosas e invasivas muito além do razoável".

Harry e Meghan afirmaram que não haverá mais "nenhuma colaboração" da parte deles com estes veículos e isso "não se trata de evitar as críticas, nem de calar o debate público, ou censurar informações fielmente contrastadas".

"Os veículos têm todo o direito de denunciar e de ter uma opinião sobre o duque e a duquesa de Sussex, boa ou má. Mas não podem basear-se numa mentira. Eles também querem ser muito claros: esta não é, de forma alguma, uma política geral para todos os meios de comunicação", explicou o texto.

O casal ainda reforçou que não quer ser usado como "uma moeda em uma economia de distorção". Os dois iniciaram uma guerra contra os tabloides após a divulgação de uma carta pessoal de Meghan para seu pai. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA