Pediatras alertam para uso prejudicial de celulares

Especialistas querem proibir uso para menores de 10 anos

Pediatras alertam para uso prejudicial de celulares
Pediatras alertam para uso prejudicial de celulares (foto: Ansa)
15:53, 15 AbrROMA EBA

(ANSA) - A Sociedade Italiana de Pediatria Preventiva e Social (SIPPS) defende que o uso de telefones celulares deve ser proibido para crianças menores de 10 anos por causar danos à saúde.
    O uso dos celulares além de provocar a perda de concentração, dificuldade de aprendizagem e agressividade "está se transformando cada vez mais em abuso" e os efeitos nocivos das ondas eletromagnéticas para a saúde "estão cada vez mais evidentes", concluíram os pediatras italianos após estudo.
    "Ainda não conhecemos todas as consequencias ligadas ao uso dos celulares, mas uma utilização excessiva pode levar a perda de concentração e de memória, além de uma menor capacidade de aprendizagem e um aumento da agressividade e de distúrbios do sono", explicou o presidente do SIPPS, Giuseppe Di Mauro.
    A pediatra Maria Grazia Sapia, especialista em criança e ambiente, alerta que "a Itália está em primeiro lugar na Europa pelo uso de celulares por crianças e a idade média dos possuidores diminui cada vez mais".(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA