Sonda se aproxima de impressionante lua de Saturno

Encelado conta com um grande oceano em seu interior

Sonda Cassini está há mais de 10 anos entorno de Saturno
Sonda Cassini está há mais de 10 anos entorno de Saturno (foto: ANSA)
20:17, 15 OutSÃO PAULO ZAR

(ANSA) - A sonda Cassini, criada a partir de uma colaboração entre as agências espaciais norte-americana (Nasa), europeia (ESA) e italiana (ASI), fez sua maior aproximação a uma das luas de Saturno.
    Na última quarta-feira, dia 14, o equipamento chegou a apenas 1.839 quilômetros de Encelado e capturou imagens do corpo celeste, que devem ser divulgadas nas próximas semanas.
    A lua é a mais impressionante descoberta dos especialistas desde que a sonda começou a explorar o entorno de Saturno, em 2004. O principal motivo é que Encelado tem como superfície uma grossa camada de gelo e o seu interior é tomado por uma grande quantidade de água líquida. Por isso, acredita-se que o astro talvez possa hospedar formas de vida.
    A aproximação da sonda foi a que conseguiu capturar imagens mais nítidas no hemisfério norte do corpo celeste, já que no momento o local se encontra em pleno verão e, sendo assim, a luz do Sol ajuda na nitidez e na qualidade do que for registrado pela Cassini.
    Como parte da sua missão, o equipamento sobrevoará a lua à procura de gêiseres e fraturas na superfície, o que ajudará a entender se o norte de Encelado continua geologicamente ativo como o sul.
    "A atividade na superfície e no interior desta lua foi uma grande surpresa para nós. Ainda estamos procurando reconstruir a sua evolução", disse a astrônoma do Jet Propulsion Laboratory da Nasa, Bonnie Buratti.
    No entanto a aproximação do dia 14 foi apenas um teste, que deverá ser repetido no próximo dia 28, com a sonda chegando a uma distância de apenas 49 quilômetros da lua. (ANSA)

 

Veja vídeo de animação feita da aproximação da sonda: 

 

 

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA