'Homem de Ceprano' pode ser antepassado próximo de 'Sapiens'

Fragmentos do crânio do 'Homem de Ceprano' são de 400 mil anos

'Homem de Ceprano' pode ser antepassado próximo de 'Sapiens' (foto: Ansa)
14:20, 06 NovROMA ZBF

(ANSA) - Uma reconstrução 3D realizada em Trieste, no norte da Itália, mostrou que o misterioso "Homem de Ceprano" poderia ser o antepassado mais próximo do homem Neandertal e do Homo Sapiens.

A reconstrução demonstrou que, por forma e estrutura, o crânio é muito similar ao Homo Heidelbergensis, o antepassado mais próximo do homem Neandertal e do Homo Sapiens já conhecido.

"É a forma mais arcaica já descoberta desde o Homo Heidelbergensis, mais arcaica do que outras encontradas na Europa e na África. Provavelmente ele vivia em um vale isolado e tinha pouco contato com outras populações", explicou à ANSA o coordenador dos estudos, Giorgio Manzi.

O "Homem de Ceprano" viveu há 400 mil anos e um crânio da espécie foi descoberto em 1994, na cidade de Ceprano, na região central da Itália.

Os fragmentos do crânio são os mais antigos encontrados no país. No início, os pesquisadores pensavam que o fóssil era datado entre 700 mil e um milhão de anos atrás, mas os resultados das pesquisas apontaram que os fragmentos são de 400 mil anos.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en