Ex-prefeito de NY vira enviado especial da ONU para clima

Michael Bloomberg cobrou nova postura de Donald Trump

Ex-prefeito de NY vira enviado especial da ONU para clima
Ex-prefeito de NY vira enviado especial da ONU para clima (foto: EPA)
19:54, 06 MarNOVA YORK ZLR

(ANSA) - O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, nomeou o magnata norte-americano Michael Bloomberg, ex-prefeito de Nova York, como enviado especial para as ações climáticas.

Guterres disse que Bloomberg "levará adiante" a estratégia da ONU sobre o clima e "impulsionará os esforços nos setores chaves para alcançar uma maior e mais rápida aplicação do Acordo de Paris".

O ex-prefeito está encarregado de ajudar Guterres a promover a Conferência Climática de 2019, além de mobilizar ações para implementar ao Acordo de Paris, assinado em 2015. Segundo jornais locais, Bloomberg disse que espera que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, "mude" sua postura com relação às mudanças climáticas. "Espero que ele escute seus assessores, examine os dados e mude de opinião", declarou.

Em 2017, Trump anunciou a saída dos EUA do Acordo de Paris, cujo objetivo é reduzir o aquecimento global. Segundo o mandatário, a saída do pacto beneficiaria as indústrias norte-americanas, principalmente as de carvão mineral.

Bloomberg rebateu a justificativa, dizendo que "nada poderia salvar as indústrias de carvão, pois elas vão continuar declinando enquanto a tecnologia avança". Na ocasião, o ex-prefeito ainda disse que doaria US$ 15 milhões de sua fortuna pessoal para assegurar que os Estados Unidos atinjam a meta de redução de emissões de carbono proposta no Acordo de Paris. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA