Starbucks promete eliminar canudos plásticos até 2020

Um canudo leva cerca de 200 anos para se decompor

Starbucks promete eliminar canudos plásticos até 2020 (foto: EPA)
12:55, 11 JulSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - A rede norte-americana de cafeterias Starbucks prometeu eliminar o uso de canudos de plástico de todas as suas quase 28 mil lojas em todo o mundo até o fim desta década.

O anúncio foi feito na segunda-feira (9) pela companhia, que dará lugar a materiais alternativos e a recipientes recicláveis que não usam canudo, poupando por ano cerca de 1 bilhão de canudos plásticos em cada localidade.

A decisão veio em um momento no qual a discussão sobre desperdício de plástico e sobre a poluição dos oceanos, que eventualmente causa a morte de animais marinhos, está muito forte. "A gente viu isso como uma maneira de sair da discussão sobre que tipo de plástico é bom, conseguindo diminuir o uso de canudo desde o verdadeiro início", afirmou Colleen Chapman, vice-presidente da área de Impacto Social Global da Starbucks.

A luta pelo fim dos canudos de plástico tem ganhado cada vez mais adeptos, sobretudo depois que um vídeo de uma tartaruga com um canudo no nariz viralizou em 2015, chegando a 30 milhões de visualizações no YouTube.

Um projeto de lei que proíbe o uso do canudo plástico em restaurantes, bares e quiosques do Rio de Janeiro foi sancionado e publicada no Diário Oficial na última quinta-feira (5).

Além disso, na última quarta-feira (4), a cidade Seattle, nos EUA, tornou-se a maior norte-americana a proibir talheres e canudos de plástico nos restaurantes e cafés.

Outra medida do Starbucks foi introduzir, até o dia 26 deste mês, uma taxa de cinco centavos de libras esterlinas por cada copo descartável utilizado em suas lojas do Reino Unido. A ideia é incentivar que os clientes optem por beber em copos reutilizáveis. Um canudo de plástico leva cerca de 200 anos para se decompor no meio ambiente, e seu tempo de uso útil beira os quatro minutos.
    (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA