Ricardo Salles é alvo de protesto pela Amazônia em Berlim

Agenda do ministro brasileiro na Alemanha não foi divulgada

Ministro Ricardo Salles é alvo de protestos em Berlim
Ministro Ricardo Salles é alvo de protestos em Berlim (foto: Reprodução / Facebook Greepeace)
16:42, 30 SetSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, foi recebido nesta segunda-feira (30) com protesto de ambientalistas em Berlim, na Alemanha, a favor da proteção da Amazônia.

O ato foi organizado pelo grupo Gira, braço alemão do Greenpeace, em frente à sede da Confederação Alemã das Câmaras de Indústria e Comércio (DIHK), no centro da capital do país.

A visita do brasileiro foi alvo de pelo menos 50 manifestantes. O grupo, que levava bandeiras do Brasil e da Alemanha, montou um cordão de isolamento em frente ao edifício para tentar impedir a entrada de Salles no local.

Entre os cartazes carregados, o que mais chamou a atenção foi uma faixa fazendo referência ao acordo entre a União Europeia (UE) e o Mercosul, com a seguinte frase: "Sem acordo com criminosos do clima".

Os manifestantes ainda exibiram um tronco de árvore em chamas pedindo para que a Amazônia não seja destruída.

"A agenda do governo Bolsonaro em relação ao clima tem sido a favor do lobby do agronegócio, mas a destruição da Amazônia é algo que coloca todos no planeta em perigo", disse o representante do Greenpeace, Jannes Stoppel, à DW.

O ministro do Meio Ambiente iniciou uma turnê pela Europa na tentativa de "esclarecer" as atitudes do governo, duramente criticado pelo desmatamento acelerado na Amazônia e o aumento no número de queimadas na floresta.

Depois de participar na Assembleia Geral da ONU em Nova York, Salles chegou a Berlim no último domingo (29). No entanto, em sua agenda no site do ministério, não há informações sobre seus compromissos pelos próximos três dias. O ministro deve deixar a Alemanha na quarta-feira (2) e seguir para o Reino Unido. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA