Itália condecora bióloga por projeto ambiental na Amazônia

Emanuela Evangelista preside ONG que atua no Rio Jauaperi

Emanuela Evangelista (centro) preside ONG que atua na Amazônia
Emanuela Evangelista (centro) preside ONG que atua na Amazônia (foto: Reprodução/Facebook/Mauricio de Paiva)
11:21, 17 FevROMA ZLR

(ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, condecorou nesta segunda-feira (17) a bióloga Emanuela Evangelista, presidente de uma ONG que ajuda indígenas da Amazônia brasileira a desenvolverem projetos para proteger a floresta.

Nascida na província autônoma de Trento, Evangelista tem 51 anos e recebeu a medalha de Oficial da Ordem do Mérito da República Italiana "por seu constante empenho na defesa ambiental, na proteção das populações indígenas e no combate ao desmatamento".

A bióloga é presidente da associação Amazônia Milano Onlus, fundada em 2004 e que apoia nativos do Rio Jauaperi, nos estados de Roraima e do Amazonas. Ela vive em um vilarejo na comunidade Xixuaú e também atua em projetos para enfrentar o êxodo de indígenas para áreas urbanas.

Em seu site oficial, a ONG diz oferecer aos nativos "novas oportunidades sustentáveis de renda", além de ter ajudado a "construir escolas primárias e um centro de informática, poços artesianos, hortas comunitárias e um ambulatório".

"Com ajuda de doadores, conseguimos instalar painéis de energia solar e filtros para purificar a água. Foram realizados cursos de formação em agricultura e de formação de agentes ambientais, microscopistas e enfermeiros", afirmou a associação. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA