Greta Thunberg revela suspeita de infecção por coronavírus

Ativista, no entanto, disse que está praticamente recuperada

Greta Thunberg disse que sentiu cansaço, dor de garganta e tosse
Greta Thunberg disse que sentiu cansaço, dor de garganta e tosse (foto: EPA)
09:34, 25 MarROMA ZLR

(ANSA) - A ativista sueca Greta Thunberg afirmou nesta terça-feira (24) que, provavelmente, foi infectada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2).

Em uma mensagem no Facebook, a ambientalista de 17 anos contou que, há cerca de 10 dias, começou a "ter alguns sintomas". "Sentia-me cansada, tive calafrios, dor de garganta e tosse. Meu pai teve os mesmos sintomas, porém muito mais intensos e com febre", disse.

Segundo Thunberg, ela está isolada em casa há duas semanas, desde que encerrou um tour pela Europa Central - na Suécia, os exames são feitos apenas em casos mais graves. "Eu não fui testada para a Covid-19 [doença provocada pelo novo coronavírus], mas é extremamente provável que eu tenha tido", afirmou.

A ativista, no entanto, acrescentou que está "praticamente recuperada". A Suécia tem 2,3 mil casos do novo coronavírus e 40 mortes. Por conta da pandemia, Thunberg, que lidera um movimento global de estudantes contra o clima, tem promovido manifestações online às sextas-feiras. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA