Cooperativa de Honduras vence Prêmio Internacional Ernesto Illy

Cocabel é formada por uma centena de sócios

Cooperativa Cocabel tem sede em Belén, oeste de Honduras
Cooperativa Cocabel tem sede em Belén, oeste de Honduras (foto: Divulgação)
15:30, 11 DezSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Uma cooperativa de Honduras venceu a edição de 2020 do Prêmio Internacional Ernesto Illy, concedido anualmente pela empresa italiana illycaffè ao melhor produtor sustentável do mundo.

Em cerimônia virtual realizada em 3 de dezembro, a companhia de Trieste anunciou a cooperativa Cocabel como ganhadora nas categorias "Best of the Best" e "Coffee Lover's Choice".

O grupo hondurenho foi escolhido após uma série de degustações às cegas por parte de um júri independente formado por especialistas e consumidores e que avaliou a riqueza e complexidade aromática, a elegância, o equilíbrio dos sabores e a intensidade do aroma do café.

A Cocabel é formada por uma centena de sócios e fica na cidade de Belén, no oeste do país centro-americano. Os associados entregam as "cerejas" de café para a cooperativa, que tira sua polpa e as lava e seca sob o sol.

"A cooperativa Cocabel conseguiu reunir em torno de si muitos pequenos produtores, ligados pela consciência de que a qualidade sustentável começa na planta", disse o presidente da illycaffè, Andrea Illy.

A edição de 2020 do prêmio também contou com competidores de Brasil, Colômbia, Costa Rica, Etiópia, Guatemala, Índia, Nicarágua e Ruanda. Para cada país, foram identificados os três melhores produtores do ano, sendo que o mais bem colocado em cada um competiu na grande final da disputa internacional.

No Brasil, os três mais bem classificados, nessa ordem, foram a Fazenda Sequoia Minas e os cafeicultores Haroldo Barcelos Veloso e Raimundo Dimas Santana Filho, todos de Minas Gerais. (ANSA)   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA