Coreia do Norte testa novo míssil, mas falha

Teste aumenta tensão com EUA e é vista como provocação a Trump

Teste de míssil aumenta a tensão com os EUA e é vista como provocação a Trump
Teste de míssil aumenta a tensão com os EUA e é vista como provocação a Trump (foto: ANSA)
10:50, 16 AbrWASHINGTON ZBF

(ANSA) - A Coreia do Norte realizou um teste de míssil balístico na noite de ontem (15), mas o dispositivo falhou, informaram fontes do Exército da Coreia do Sul.

O teste ocorreu um dia após o regime de Pyongyang celebrar o "Dia do Sol" e os 105 anos do nascimento de Kim il-sung, fundador da república norte-coreana e considerado "presidente eterno".

Para comemorar a data, foi realizado um desfile militar, no qual as autoridades fizeram questão de exibir seu potencial bélico, em uma provocação aos Estados Unidos.
   

O presidente norte-americano, Donald Trump, foi informado do teste, mas não quis comentar o fato, de acordo com a Casa Branca, em uma escolha técnica de não dar tanta atenção às ações do líder norte-coreano, Kim jong-un.

Segundo um especialista do Pentágono, o míssil lançado na noite de ontem era de médio alcance e explodiu cerca de quatro segundos após seu lançamento.

Na semana passada, os EUA e a Coreia do Norte trocaram provocações e ameaças de uma guerra nuclear, elevando o clima de tensão na península coreana. Países da região, como a China, Japão e Rússia, pediram calma e que as duas nações evitem um confronto militar.

O vice-presidente dos Estados Unidos, Mike Pence, iniciou no fim de semana uma viagem de 10 dias pela Ásia, durante a qual se reunirá com aliados. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

Advertisement