FHC depõe como testemunha de defesa de Lula

Tucano disse que um presidente não tem como "saber de tudo"

20:51, 11 JunSÃO PAULO ZLR
(ANSA) - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso prestou depoimento nesta segunda-feira (11) como testemunha de defesa do colega Luiz Inácio Lula da Silva, em um processo em que o petista é réu por corrupção e lavagem de dinheiro.
    O caso diz respeito a um sítio em Atibaia (SP) que teria sido reformado por Odebrecht, Schahin e OAS em favor da família de Lula, em troca de contratos com a Petrobras. O processo é coordenado pelo juiz Sérgio Moro.
    FHC foi ouvido por videoconferência, e o depoimento durou cerca de meia hora. Durante o testemunho, o tucano disse que um presidente não pode "saber de tudo". "O presidente é responsável por quem nomeou. Depois, lá dentro, você não tem nem tempo de saber", disse.
    O ex-mandatário também afirmou que declara todos os pagamentos que recebe por palestras e as doações a seu instituto.
    Perguntado se alguma empresa já havia reformado um propriedade que ele utilizava "por fora", FHC respondeu: "Nunca, jamais, nada disso, nem por fora, nem participar de nenhum momento de reforma. Eu não tenho muita coisa a reformar, só minha cabeça mesmo." (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en