Datafolha mostra Bolsonaro na ponta e alta de Haddad

Petista está em empate técnico com Ciro, Marina e Alckmin

Seguidores do candidato do PSL se juntaram na Avenida Paulista, em São Paulo, no último domingo (9)
Seguidores do candidato do PSL se juntaram na Avenida Paulista, em São Paulo, no último domingo (9) (foto: EPA)
09:57, 11 SetSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O instituto Datafolha divulgou nesta segunda-feira (10) uma pesquisa que mostra Jair Bolsonaro (PSL-RJ) na liderança das intenções de voto, com 24%.

É o primeiro levantamento desde que o Tribunal Superior Eleitoral rejeitou a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e desde que o deputado federal foi esfaqueado em Juiz de Fora (MG). Atrás de Bolsonaro aparecem Ciro Gomes (PDT), com 13%; Marina Silva (Rede), com 11%; Geraldo Alckmin (PSDB), com 10%; e Fernando Haddad, candidato a vice-presidente pelo PT (que tem até esta terça para substituir Lula), com 9%. Apesar de Ciro assumir a vice-liderança, a margem de erro de dois pontos deixa os quatro candidatos em empate técnico.

Além disso, Alvaro Dias (Podemos), João Amoêdo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) aparecem com 3% cada; Guilherme Boulos (Psol), Vera Lúcia (PSTU) e Cabo Daciolo (Patriota), com 1%; e João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC), com 0%.

A maior oscilação positiva foi justamente a do ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad, que tinha 4% e subiu cinco pontos percentuais. Já o pior desempenho é o da ex-ministra Marina Silva, que teve uma queda de cinco pontos desde a última pesquisa.

Nas projeções de segundo turno, Bolsonaro perde para todos os adversários, com exceção de Haddad, com quem aparece em desvantagem numérica, mas tecnicamente empatado: 39% para o petista e 38% para o candidato do PSL. Já Ciro Gomes ganharia em todos os cenários de segundo turno pesquisados.

Além disso, os brancos e nulos somaram 15%, enquanto os que não responderam ou não sabem chegaram a 7%. O levantamento, encomendado pela "TV Globo" e pela "Folha de S. Paulo", foi registrado no TSE com o número BR 02376/2018. Ao total, 2.804 pessoas foram ouvidas em 197 municípios.

A pesquisa apontou também que Bolsonaro é o candidato mais rejeitado, com 43% dos eleitores dizendo que não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida aparecem Marina, com 29%; Alckmin, com 24%; Haddad, com 22%; Ciro, com 20%; Daciolo, com 19%; Vera Lúcia, com 19%; Eymael, com 18%; Boulos, com 17%, Henrique Meirelles, com 17%; Goulart Filho, com 15%; Amoêdo, com 15%; e Dias, com 14%.

Segundo o Datafolha, o nível de confiança da pesquisa é de 95%, considerando a margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA