Bolsonaro não deve ir a primeiros debates na TV

Candidato só receberá alta para campanha em 18 de outubro

Jair Bolsonaro em colégio eleitoral no Rio, em 7 de outubro
Jair Bolsonaro em colégio eleitoral no Rio, em 7 de outubro (foto: ANSA)
12:51, 10 OutSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, não deve participar dos quatro primeiros debates programados para o segundo turno das eleições.

O deputado federal realizou exames nesta quarta-feira (10), mas a equipe médica só autorizará atividades públicas de campanha a partir de 18 de outubro. "Ele perdeu 15 quilos de massa muscular e ainda está fraco. Ele precisa de uma dieta de recuperação proteica", disse o cardiologista Leandro Echenique.

Até lá, estavam programados quatro debates com o candidato do PT, Fernando Haddad: na Band (11/10), na Gazeta (14/10), na RedeTV (15/10) e no SBT (17/10). Se as ausências se confirmarem, Bolsonaro participará apenas dos confrontos na Record (21/10) e na Globo (26/10).

Por sua vez, Haddad disse que está disposto "até a ir a uma enfermaria" para debater com o postulante do PSL. "Ele falou que não quer se estressar, eu não vou estressar ele. Vou falar da forma mais calma possível. Vou falar docemente, não altero a voz. Nem olho para ele se ele ficar com muito receio", ironizou. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA