Haddad se reúne com secretário da CNBB em Brasília

Conferência afirmou que o candidato não pediu apoio

Fernando Haddad em ato de campanha em São Mateus, na periferia de São Paulo
Fernando Haddad em ato de campanha em São Mateus, na periferia de São Paulo (foto: ANSA)
17:30, 11 OutSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Em desvantagem nas pesquisas, o candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, se reuniu nesta quinta-feira (11), em Brasília, com o secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Leonardo Steiner, em busca de estreitar laços com segmentos religiosos da sociedade.

Segundo a última pesquisa do Datafolha, a disputa entre Bolsonaro e Haddad é equilibrada no eleitorado católico (46% a 40% em favor do deputado), enquanto entre os evangélicos o petista perde por ampla margem (25% a 60%).

"É comum, em período eleitoral, que candidatos de diversos partidos e grupos políticos solicitem agenda e sejam recebidos, sem a presença da imprensa", diz uma nota assinada por dom Steiner, que também é bispo auxiliar de Brasília.

"O candidato não veio pedir apoio, e a CNBB não tem partido nem candidato. O candidato expôs suas propostas de governo e sua preocupação com o Brasil", acrescenta. A conferência, por sua vez, abordou temas que "preocupam os bispos" do país: a não legalização do aborto, a proteção do meio ambiente, a atenção especial à questão indígena e quilombola, a defesa da democracia e o combate rigoroso à corrupção".

Haddad aparece com 42% dos votos válidos na última pesquisa do Datafolha, contra 58% de Bolsonaro. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA