TSE indica 'inconsistências' em contas de Bolsonaro

Equipe analisa contas prestadas na campanha eleitoral

TSE indica 'inconsistências' em contas de Bolsonaro
TSE indica 'inconsistências' em contas de Bolsonaro (foto: EPA)
11:10, 13 NovSÃO PAULO ZBF

(ANSA) - A área técnica do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) apontou "inconsistências" na prestação de contas da campanha do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

No relatório técnico, apresentado pela Assessoria de Exames de Contas Eleitorais e Partidárias do TSE, foram identificados 23 "inconsistências" que estão enquadrados em impobridades, suposta irregularidades na prestação e falta de documentos.

Os técnicos pediram ao ministro-relator Luís Roberto Barroso que a campanha de Bolsonaro forneça em até três dias os documentos e suas explicações sobre os temas.

"Ao efetuar o exame das manifestações e da documentação entregues pelo candidato, em atendimento à legislação eleitoral, foram observadas inconsistências ou registros na prestação de contas, relatados a seguir, para os quais se solicitam esclarecimentos e encaminhamento de documentação comprobatória", informou o documento.

Um dos pedidos da assessoria técnica, por exemplo, é que a campanha de Bolsonaro mostre mais dados sobre seus gastos com serviço de mídia e advocacia. Em outro, é pedido que o presidente eleito informe a contratação da empresa Aixmobil Serviços e Participações, que coletou R$ 3,5 milhões em financiamento coletivo.

A campanha do capitão reformado encaminhou na semana anterior ao TSE a prestação de contas. Segundo o documento, R$ 4.377.640,36 foram arrecadados por Bolsonaro e a quantia gasta foi de R$ 2.812.442,38.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA