PF tenta negociar rendição com advogados de Battisti

Italiano está foragido desde que teve sua prisão decretada

PF tenta negociar rendição com advogados de Battisti
PF tenta negociar rendição com advogados de Battisti (foto: EPA)
21:01, 20 DezSÃO PAULO ZCC

(ANSA) - Um grupo de investigadores da Polícia Federal de Brasília estaria negociando uma possível rendição do italiano Cesare Battisti, que está foragido, junto aos seus advogados.

A informação foi revelada pelo site "G1" e alega que os agentes afirmaram à defesa que o ex-guerrilheiro condenado na Itália à prisão perpétua poderia se entregar de uma maneira que não causasse "maiores escândalos".

A medida seria a mesma tomada pela PF com o médium João de Deus, acusado por mais de 500 mulheres de abuso sexual, que se entregou em Abadiânia, no interior de Goiás, após negociações com seus advogados.

No entanto, os advogados disseram não ter contato com Battisti desde que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux determinou sua prisão na última quinta-feira (13) e, portanto, não teria como repassar a proposta.

Nos últimos dois dias, as autoridades brasileiras e políticos italianos começaram a especular a possibilidade de Battisti ter escapado para a Bolívia, que, sob o governo do esquerdista Evo Morales, poderia conceder asilo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA