'Monstruosidade sem tamanho', diz Bolsonaro sobre massacre

Presidente se pronunciou mais de cinco horas após a tragédia

Massacre em escola de Suzano deixou oito mortos, além dos dois atiradores
Massacre em escola de Suzano deixou oito mortos, além dos dois atiradores (foto: EPA)
19:58, 13 MarSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - Cinco horas depois do massacre em uma escola estadual de Suzano (SP), a Presidência da República divulgou uma nota afirmando que, "mais uma vez", o Brasil "é abalado por uma grande tragédia".

"O Governo Federal manifesta seu profundo pesar com os fatos ocorridos na cidade de Suzano, em São Paulo, apresentando suas condolências e sinceros sentimentos às famílias das vítimas de tão desumana ação. Ao Estado de São Paulo, colocamos nosso total apoio para auxiliar na apuração dos fatos", diz o comunicado.

Em seguida, o presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para prestar suas condolências aos familiares das vítimas do "desumano atendado ocorrido hoje na Escola Professor Raul Brasil, em Suzano, São Paulo". "Uma monstruosidade e covardia sem tamanho. Que Deus conforte o coração de todos!", escreveu o mandatário.

Já o vice Hamilton Mourão afirmou que essa é uma situação "muito triste". "A gente tem que chegar à conclusão por que isso está acontecendo. Essas coisas não aconteciam no Brasil, aconteciam em outros países", disse, ressaltando que um dos motivos desse tipo de crime pode ser o fato de os jovens passarem o dia "mergulhados" no videogame. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en