PF acha dinheiro entre nádegas de senador vice-líder do governo

Rodrigues foi alvo de operação sobre desvio de dinheiro público

Senador Chico Rodrigues é um dos líderes do governo Bolsonaro
Senador Chico Rodrigues é um dos líderes do governo Bolsonaro (foto: Reprodução/Facebook)
07:41, 15 OutSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - A Polícia Federal encontrou dinheiro entre as nádegas do vice-líder do governo no Senado, Chico Rodrigues (DEM-RR), durante uma operação nesta quarta-feira (14) que apura desvio de dinheiro público que deveria ser usado para combater a pandemia de Covid-19 em Roraima.

Segundo relato dos policiais, primeiro publicado pela revista "Crusoé" e depois confirmado por outros veículos de imprensa, Rodrigues escondeu cerca de R$ 30 mil na cueca durante a ação da PF na casa do senador, em Boa Vista, Roraima. Na casa, teriam sido localizados R$ 100 mil em espécie.

A operação de busca e apreensão foi autorizada pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso.

Como a investigação ocorre em segredo de justiça, a PF se limitou a dizer que cumpriu sete mandados de busca e apreensão em Boa Vista em uma operação batizada de Desvid-19, que apura o desvio de recursos públicos através de licitações direcionadas.

Ao todo, cerca de R$ 20 milhões teriam sido desviados da Secretaria de Estado da Saúde.

Rodrigues é próximo dos filhos do presidente Jair Bolsonaro e um dos principais articuladores do governo no Senado. Em nota à imprensa, o senador afirmou que "acredita na justiça dos homens e na divina" e que está "tranquilo com o fato ocorrido hoje [quarta-feira] na minha residência".

"A Polícia Federal cumpriu sua parte em fazer buscas em uma investigação na qual meu nome foi citado. No entanto, tive meu lar invadido apenas por ter feito meu trabalho como parlamentar, trazendo recursos para o combate ao Covid-19 para a saúde do estado", acrescentou ainda. (ANSA).
   

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA