Nasa anuncia descoberta de 1,2 mil planetas

Essa é a maior descoberta já feita pela missão Kepler

Nasa anuncia descoberta de mais de mil planetas
Nasa anuncia descoberta de mais de mil planetas (foto: Reprodução/ Twitter)
09:27, 11 MaiSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - O telescópio Kepler localizou exatos 1.284 novos planetas, informou a Nasa nesta terça-feira (10). Essa é a maior descoberta em quantidade da história da astronomia e mais que duplica o número de planetas conhecidos.

 

"Isso nos dá esperança que, em algum lugar lá fora, próximo a uma estrela muito parecida com a nossa, nós poderemos descobrir uma outra Terra", afirmou cientista-chefe da Nasa, Ellen Stofan.

 

Em coletiva de imprensa em Washington, os cientistas explicaram que, desde julho de 2015, o Kepler catalogou e identificou 4.302 planetas em "potencial". Destes, 1.284 "candidatos" apresentaram uma possibilidade maior que 99% de serem realmente planetas e outros 1.327 ainda precisarão ser mais investigados e estudados para receber esse status.

 

Ainda de acordo com a descoberta, aproximadamente 550 têm estruturas similares às da Terra e nove deles estão na zona habitável de seu "sol" - o que permitiria a existência de água e, consequentemente, de vida.

 

"Antes do lançamento do telescópio Kepler, nós não sabíamos se exoplanetas eram raros ou comuns na galáxia. Graças ao Kepler e a comunidade científica, agora nós sabemos que existem mais planetas do que estrelas", disse o diretor da divisão de astrofísica da Nasa, Paulo Hertz.

 

Os planetas começaram a ser localizados há cerca de duas décadas e, desde então, os processos de análises sobre suas formações foram sendo aperfeiçoados. De acordo com a entidade, o sistema evoluiu tanto que, desta vez, "muitos candidatos a planetas foram testados simultaneamente".

 

A Nasa ainda informou que há cerca de cinco mil planetas "candidatos", sendo que mais de 3,2 mil já foram verificados e confirmados - destes, 2.325 foram identificados pelo Kepler.

 

A missão com o telescópio foi lançada em 2009 e tem como objetivo localizar "planetas potencialmente habitáveis" na galáxia. Conforme a Nasa, mais de 150 mil estrelas já foram verificadas também pela missão. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA