Cinco fatos inesquecíveis do Festival de Veneza

Mostra foi repleta de momentos belos e emocionantes

Al Pacino e James Franco roubaram a cena em Veneza (foto: ANSA)
16:11, 08 SetVENEZA ZGT

(ANSA) - Qual será o legado e as coisas mais importantes a serem lembradas do 71º Festival de Veneza? Confira os cinco principais fatos para se lembrar do evento que terminou no último sábado (06).

 

O superstar Al Pacino: Ele foi a grande estrela de Veneza. Ficou no evento durante quase três dias com dois filmes (The Humbling, de Barry Levinson, e Manglehorn, de David Gordon Green), dois tapetes vermelhos, duas coletivas de imprensa e inúmeros coquetéis após os eventos. Apesar da agenda corrida, o ator atendia a todos com muita cordialidade.

 

O 'conjunto' James Franco: James Franco foi um verdadeiro camaleão no Festival. No evento para divulgar seu novo filme, Zeroville, ele foi o 'cinema no cinema' ao se apresentar careca, com tatuagem falsa, camisa desabotoada e com óculos Ray Ban. Não era possível separar se ele estava sendo um personagem ou o ator. Um dos raros momentos de adrenalina na Mostra de Cinema.

 

As esposas em cortejo: Se James Franco teve todas as credenciais para estar no Festival, o que falar do filme que mostrou um cortejo nupcial sírio-palestino aplaudido por vários minutos? O filme, que venceu três prêmios por uma belíssima história, foi feito por três corajosos autores para ajudar um grupo de imigrantes a chegar na Suécia. E não passou despercebido por culpa de uma dezena de noivas que estavam vendo o filme e causaram os aplausos mais emocionados do Festival.

 

Prévia do Oscar: A "lei de Murphy" que sempre ocorre com Veneza e com o Oscar: o evento mostrou em primeira-mão o filme que deve ser o astro da noite de premiação norte-americana: Birdman, de Alejandro Gonzalez Inarritu. O filma conta com um elenco gigantesco dirigido por Michael Keaton e abriu o Festival aprovado unanimemente pelo público e pela crítica. Porém, foi ignorado pelo júri guiado por Alexandre Desplat. Um clássico que dá mais certeza de premiação ao filme nos Estados Unidos.

 

Nova sala Darsena: A Mostra deste ano será relembrada também pela volta da sala Darsena, com 1,4 mil lugares, completamente renovada e confortável. A estrutura está cheia de luz - que entra no espaço através dos vitrais decorados externamente. Belíssima. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA