Empresa de marketing dos EUA apresenta Nova York do futuro

Tartarugas Ninjas foram escolhidas como embaixadoras da cidade

Empresa de marketing oficial da Grande Maça anunciou a 'nova' Nova York
Empresa de marketing oficial da Grande Maça anunciou a 'nova' Nova York (foto: EPA)
19:39, 29 JunNOVA YORK ZAR

(ANSA) - Para se manter como o destino número 1 dos Estados Unidos, a cidade de Nova York começará a receber nos próximos meses vários projetos que resultarão em uma grande revitalização urbana, que será feita através de um investimento milionário.

 

A "nova" Nova York, como está sendo chamada, quer continuar amada pelos turistas do mundo inteiro e uma das principais atrações do país. Para isso, Fred Dixon, presidente e CEO da NYC & Company, empresa de marketing oficial da Grande Maçã, anunciou uma série de novos programas e iniciativas em infraestrutura hoteleira e atrações urbanas.

 

"NYC & Company está orgulhosa de estar presente no principal mercado do ano", disse Dixon durante uma coletiva de imprensa do International Pow Wow 2016, maior evento de turismo dos Estados Unidos que neste ano acontece em Nova Orleans. "Estamos apresentando a 'nova' Nova York, com novos produtos, novos embaixadores e novas ferramentas", continuou o CEO.

 

Durante o evento, o empresário norte-americano também aproveitou para apresentar os novos embaixadores oficiais da cidade, as famosas Tartarugas Ninjas. A ajuda do desenho animado se relaciona à ideia de promover Nova York também para adolescentes e seus pais e atrair cada vez mais famílias com crianças pequenas.

 

A empresa também mostrou os avanços do complexo comercial e residencial Hudson Yards, o maior projeto imobiliário da história de Manhattan e de Nova York desde o Rockefeller Center.

 

Hudson Yards Construction - December 2012 through May 2016 - 1920x944 from Hudson Yards New York on Vimeo.

 

Uma vez finalizada, a iniciativa terá cerca de 1,5 quilômetro de área, centenas de lojas, restaurantes e espaços abertos e um hotel de luxo com 150 quartos. A primeira parte do projeto deve ficar pronta entre 2018 e 2019. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA