Vídeo de meninas sauditas criticando machismo se torna viral

Na Árabia Saudita, a segregação é ainda muito forte

Trecho do vídeo Majedalesa - Hwages
Trecho do vídeo Majedalesa - Hwages (foto: Ansa)
18:24, 09 JanSÃO PAULO ZGT

(ANSA) - Um videoclipe da banda pop Majedalesa, da Árabia Saudita, com quatro mulheres quebrando "regras de gênero" do país, já tem mais de quatro milhões de visualizações no "YouTube" desde seu lançamento no dia 23 de dezembro de 2016.

O vídeo da música "Hwages" ("Problemas", em tradução livre) faz uma crítica ao patriarcado, ao machismo e aos direitos das mulheres na cultura do Oriente Médio, de forma descontraída mas satírica.

As quatro protagonistas do clipe andam de skate, jogam basquete, se divertem e dançam. Tudo isso vestindo o tradicional niqab, véu que só deixa os olhos a mostra, por cima de roupas coloridas e com tênis ocidentais. E ainda, a letra da canção, considerada feminista e empoderadora, pede que "os homens sejam extintos" e que "eles nos provocam problemas mentais".

A Arábia Saudita segue rigidamente uma versão da "sharia", ou lei islâmica, que impõe uma forte segregação entre gêneros. No país, mulheres não podem viajar sem estar acompanhadas por um homem, e nem mesmo dirigir, por exemplo. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA