Empresa quer recuperar aparelho de rádio do Titanic

Equipamento fez as chamadas de socorro após colisão com iceberg

Empresa quer recuperar aparelho de rádio do Titanic
Empresa quer recuperar aparelho de rádio do Titanic (foto: Ansa)
12:05, 21 FevNOVA YORK ZBF

(ANSA) - O equipamento de rádio transmissão usado no Titanic para pedir socorro após o navio se chocar contra um iceberg pode voltar à terra firme.

A RMS Titanic Inc., companhia que detém os direitos exclusivos para resgatar artefatos da embarcação naufragada em abril de 1912, no Oceano Atlântico, quer recuperar o aparelho, de acordo com uma série de documentos apresentados a um tribunal federal de Virgínia, nos Estados Unidos, que precisa autorizar a operação.

O equipamento, da marca Marconi, está na sala de comunicação do navio. Para acessá-lo, será necessário remover o teto da sala com a ajuda de um submarino. De acordo com a empresa norte-americana, a situação do navio está se deteriorando debaixo d'agua e há riscos de desabamento do teto da sala de comunicação, o que destruiria completamente o aparelho de rádio.

O transmissor lançou as chamadas de socorro do Titanic na manhã do dia 15 de abril de 1912. Às 23h40min do dia 14 de abril, o navio colidiu com um iceberg. A remoção do aparelho, no entanto, gerou polêmica no Reino Unido, segundo o jornal "The Telegraph". Isso porque as expedições anteriores retiraram apenas objetos de destroços ao redor do navio, e não da sua estrutura interior.
   

Considerado o navio mais luxuoso e seguro do mundo à sua época, o Titanic naufragou com cerca de 1.500 pessoas a bordo, em sua viagem inaugural, entre Southampton, na Inglaterra, e Nova York, nos EUA. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA

archivado en