Museus da Ferrari reabrem suas portas ao público na Itália

Profissionais da saúde poderão acessar gratuitamente os locais

Os museus da Ferrari estavam fechados desde 24 de fevereiro
Os museus da Ferrari estavam fechados desde 24 de fevereiro (foto: Ansa)
07:44, 19 MaiBOLONHA ZRS

(ANSA) - Os museus da Ferrari, na Itália, reabriram suas portas ao público nesta segunda-feira (18), em conformidade com os regulamentos de segurança anunciados pelo governo do país.

Os locais foram fechados no dia 24 de fevereiro. A medida foi decidida em conjunto com as diretrizes da região da Emilia-Romagna para combater a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2).

As pessoas que quiserem visitar os museus da escuderia italiana em Modena e em Maranello precisarão respeitar algumas medidas. Em uma delas, os visitantes terão suas temperaturas medidas na entrada. No caso de um valor superior à norma, será possível reagendar a visita.

Já em outra, o uso de máscara é obrigatório, com exceção de crianças menores de 6 anos de idade. Quem não tiver uma proteção receberá uma gratuitamente dos museus. Um caminho com sinais horizontais foi marcado nos museus para ajudar o visitante a respeitar as regras do distanciamento social.

Para facilitar o acesso, a bilheteria online nos sites dos museus permite que o visitante reserve um horário de visita e compre o ingresso.

Além disso, ao longo de 2020, os profissionais da área da saúde terão a possibilidade de acesso gratuito aos museus, enquanto seus familiares se beneficiarão de uma taxa reduzida.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA