Exposição sobre Banksy é reaberta em Gênova, na Itália

A mostra seguirá aberta no Palazzo Ducale até o dia 24 de maio

A exposição vem seguindo os regulamentos de segurança impostos pelo governo
A exposição vem seguindo os regulamentos de segurança impostos pelo governo (foto: Ansa)
13:24, 20 MaiROMA ZRS

(ANSA) - O Palazzo Ducale, em Gênova, retomou nesta terça-feira (19) a exposição dedicada ao artista de rua britânico Banksy, especializado em grafite cuja identidade é um mistério.

A mostra foi retomada graças ao relaxamento das medidas de isolamento na Itália. A exposição, que segue os regulamentos de segurança impostos pelo governo do país, ficará aberta até o dia 24 de maio.

Na reabertura, o públicou marcou presença no evento. Antes das 11 horas, já havia uma fila, com pessoas bem espaçadas e com máscaras. A primeira que entrou no Palazzo Ducale foi Sabrina Falcone, de 40 anos de idade.

"É importante que eles reabriram. Foi um presente, pensei que tinha perdido a oportunidade e, assim que vi o anúncio nas redes sociais do Palazzo Ducale, disse para mim mesma 'aproveite imediatamente'", disse Falcone.

Banksy, por sua vez, também comentou sobre a reabertura da exposição "O Segundo Princípio de Banksy".

"Se você quer dizer algo e quer que as pessoas o ouçam, use uma máscara. Se você quiser ser honesto, precisará viver uma mentira", afirmou o artista britânico.

Já a diretora do Palazzo Ducale, Serena Bertolucci, afirmou que a retomada da mostra "custou muito esforço, mas que deu alegria e orgulho".

A entrada de pessoas será limitada para garantir a distância correta entre os visitantes. Dentro do local, todos devem estar usando máscara e a temperatura corporal medida na entrada do Palazzo Ducale.(ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA