Illycaffè é nomeada 'empresa ética' pelo 9º ano seguido

Illy teve ações reconhecidas por instituto que mede a ética nas empresas
Illy teve ações reconhecidas por instituto que mede a ética nas empresas (foto: Divulgação)
13:27, 24 FevSÃO PAULO ZLR

(ANSA) - A illycaffè, empresa italiana de café premium, foi reconhecida como uma das companhias mais éticas do mundo pelo nono ano seguido.

A distinção é conferida pelo Instituto Ethisphere, que mede padrões éticos no ambiente corporativo. A illycaffè é uma das seis empresas da categoria "agricultura, comidas e bebidas" em todo o mundo que ganharam o certificado em 2021, sendo a única italiana agraciada, em todas as categorias.

Neste ano, o Ethisphere reconheceu 135 companhias de 22 países e 47 setores. "Consolidar e promover a ética e valores sólidos é essencial para gerar uma mudança positiva em nossa sociedade, assim como reconhecer o papel essencial do setor privado na criação de um mundo que seja socialmente, economicamente e ambientalmente mais sustentável, agora e para as gerações do futuro", diz Andrea Illy, presidente da marca de cafés.

"Um de nossos principais objetivos é reduzir o impacto ambiental em toda a cadeia produtiva, procedendo em pequenos passos, significativos e mensuráveis, para neutralizar as emissões de carbono até 2033. Estamos orgulhosos que o Instituto Ethisphere reconheça nosso compromisso e a gestão ética do negócio e agradecemos por ser uma contínua inspiração para as empresas", acrescenta o executivo.

Já o CEO do Ethisphere, Timothy Erblich, disse que, perante os desafios de 2020, as empresas conseguiram conquistar a confiança dos stakeholders por meio da "resiliência, da integridade e do compromisso no âmbito ético". "As empresas premiadas continuam a demonstrar um enorme compromisso com valores mais elevados e a ter um impacto positivo nas comunidades às quais pertencem. Parabéns a toda a equipe da illycaffè por ter obtido esse reconhecimento", salientou.

A metodologia de avaliação do Ethisphere inclui mais de 200 perguntas sobre cultura, práticas sociais e ambientais, atividades de ética e compliance, governança, atenção à diversidade e iniciativas de apoio a uma forte cadeia de valor.

Em 2021, devido à pandemia, o processo foi simplificado, mas as perguntas foram ampliadas para avaliar como os candidatos estão se adaptando e respondendo à crise sanitária global, a fatores ambientais, sociais e de governança, além da equidade, da inclusão e da justiça social. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA