Estatal italiana inicia obras da maior usina solar da América Latina

O projeto Nova Olinda fica no estado do Piauí

16:08, 30 AgoROMA ZLR

(ANSA) - A Enel Green Power, subsidiária da estatal italiana de energia Enel, iniciou na cidade de Ribeira do Piauí (PI), no Nordeste do Brasil, a construção da maior usina solar da América Latina.

 

Chamada Nova Olinda, a planta ocupará uma área de 690 hectares e terá uma capacidade instalada total de 292 W. Com isso, será capaz de suprir as necessidades de 300 mil famílias brasileiras, evitando a emissão de 350 mil toneladas de CO2 por ano na atmosfera.

 

A usina fotovoltaica está sendo construída em uma zona com alto índice de irradiação solar e exigirá cerca de US$ 300 milhões em investimentos. Financiada totalmente com recursos próprios, ela deve entrar em funcionamento no segundo semestre de 2017.

 

Atualmente, a Enel já opera o maior complexo solar do Brasil, em Pernambuco, e está levantando uma planta em Bom Jesus da Lapa, na Bahia. Além disso, a estatal italiana será responsável pelas usinas de Horizonte MP (BA) e Ituverava (BA).

 

Com todos esses projetos, a empresa se tornará a maior fornecedora de energia solar do Brasil. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA