Sem EUA, países assinam novo Acordo Transpacífico

O tratado cobrirá um mercado de 500 milhões de pessoas

Sem EUA, países assinam novo Acordo Transpacífico
Sem EUA, países assinam novo Acordo Transpacífico (foto: EPA)
16:47, 08 MarROMA ZLR

(ANSA) - 11 países assinaram nesta quinta-feira (8) uma nova versão do Acordo de Associação Transpacífico (TPP), agora sem os Estados Unidos, que abandonaram o tratado nos primeiros dias do governo de Donald Trump.

As nações que compõem o Acordo Abrangente e Progressivo para a Parceria Transpacífica (CPTTP) são: Japão, Canadá, Austrália, Singapura, Brunei, Nova Zelândia, Chile, Peru, Vietnã, Malásia e México, totalizando um mercado de 500 milhões de pessoas.

O acordo inicial fora firmado em 2005 e contava com Estados Unidos, Brunei, Chile, Nova Zelândia e Singapura. No entanto, a partir de 2008, outros países entraram no tratado.

O objetivo do TPP é derrubar barreiras alfandegárias entre os países banhados pelo Oceano Pacífico e propor leis unificadas, principalmente sobre acesso à internet e proteção ao meio ambiente.

A saída do acordo foi uma das principais promessas de campanha de Trump, que anunciou a retirada em um de seus primeiros atos no poder, em janeiro de 2017. Seu objetivo era "proteger os trabalhadores do país". Com os EUA, o TPP englobava 40% da economia mundial.

O novo acordo foi fechado no mesmo dia em que Trump deve assinar o aumento nas taxas de importação sobre alumínio e aço. No entanto, o presidente norte-americano já afirmou que pode haver algumas "exceções", como Austrália, México e Canadá - todos membros do TPP. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA