Acordo UE-Mercosul tem '4 ou 5' temas abertos, diz embaixador

A declaração é do representante da União Europeia no Brasil

Protesto contra acordo UE-Mercosul em Bruxelas,
Protesto contra acordo UE-Mercosul em Bruxelas, "capital" da União Europeia (foto: EPA)
21:29, 15 MaiSÃO PAULO Lucas Rizzi

(ANSA) - O embaixador da União Europeia no Brasil, João Gomes Cravinho, afirmou nesta terça-feira (15), durante evento em São Paulo, que "quatro ou cinco temas" ainda travam a assinatura do acordo comercial com o Mercosul, negociado desde 1999.

No entanto, o diplomata disse estar "muito otimista" e que as tratativas podem ser concluídas "dentro de um mês ou dois". As declarações foram dadas durante um evento pelo Dia da Europa, celebrado em 9 de maio, na Câmara Brasil-Alemanha de São Paulo.

O objetivo declarado de ambas as partes é fechar as negociações no primeiro semestre, antes do início oficial do processo eleitoral no Brasil e para aproveitar a janela de oportunidade que deve se encerrar com o pleito para o Parlamento Europeu, em maio de 2019.

"Em todos os lugares o período final da legislatura é difícil para se tomar decisões grandes, mas estamos próximos. A janela de oportunidades está aí agora e não ficará aberta por muito mais tempo. Vejo que há um estímulo muito grande para encerrar a negociação em breve", afirmou Cravinho.

Segundo o diplomata da UE, falta finalizar "quatro ou cinco temas", mas ele não quis dizer quais. "Estamos em uma fase muito sensível. Em 2004, quando as negociações estavam muito próximas [de uma conclusão], foi um desastre quando começaram a negociar através da imprensa", reforçou.

O embaixador acredita que, se o acordo não for concluído dentro de um mês ou dois, aí sim haverá motivos para ficar "verdadeiramente preocupado". A UE fechou recentemente tratados comerciais com Japão e Canadá e remodelou seu acordo com o México. (ANSA)

Todos los Derechos Reservados. © Copyright ANSA